Quem Matou João Ninguém?





Indicada ao Troféu HQMIX 2015 na categoria Novo Talento Roteirista.

Quem matou João Ninguém? é uma história em quadrinhos de fôlego, com muitas camadas de leitura. A complexidade da favela, com sua violência, se transforma na complexidade dos personagens, que vão se apresentando ao leitor e dialogando com ele.” – Gian Danton

Esta não é uma história em quadrinhos de super-heróis convencional. Para começar, ela se passa no Brasil, no Morro de Santa Edvirges, comunidade pobre que poderia estar em qualquer grande metrópole do país. Como em qualquer favela, em meio a todos os problemas sociais, existem pessoas que tentam tocar suas vidas da melhor maneira possível. Entre elas, os garotos João, Roberto, Sandro e Nina.

Cercados pelos conflitos do tráfico de drogas, os amigos crescem, seguindo caminhos diferentes. Até que um violento assassinato desencadeia uma sequência de eventos que pode alterar a vida de toda a comunidade. E tudo pode mudar ainda mais, para o bem ou para o mal, quando entra em cena o Sujeito-Homem, um vigilante aprendendo que as regras do heroísmo no Brasil podem ser bem diferentes do que ele estava acostumado a ler nas histórias em quadrinhos.

Prestando homenagem ao legado dos super-heróis das HQs, Quem Matou João Ninguém? é uma graphic novel sobre amizade e traição criada por Zé Wellington e Wagner Nogueira, e ilustrada por Wagner de Souza, Cloves Rodrigues, Ed Silva, Alex Lei e Rob Lean. Este é um projeto apoiado pelo Governo do Estado do Ceará através da Secretaria da Cultura.


Quem Matou João Ninguém? no Skoob.
Quem Matou João Ninguém? no Goodreads.

Escute o podcast sobre a HQ no site da Editora Draco.
Escute o podcast sobre a HQ no Iradex.

Leia a resenha do site Melhores do Mundo.
Leia a resenha do site Papo de Quadrinho.
Leia a resenha do site Quadrinhos em Questão.
Leia a indicação do site Pipoca e Nanquim.
Leia a resenha da Revista Mundo dos Super-Heróis.
Leia a resenha do site Universo da Banda Desenhada.
Leia a resenha do site Ornitorrinco.
Leia a resenha do site Baião de Letras.
Leia a resenha do site CyberAeon. 
Leia a resenha do site Leitor Cabuloso.


Compre no site da Editora Draco.
Compre na Amazon.
Compre na Livraria Cultura.
Compre na Livraria da Travessa.
Compre na Livraria da Folha.
Compre na Livraria Saraiva.
Compre na Gibistore.

Leia a versão digital no Social Comics.
Compre a versão digital na Apple iBooks.
Compre a versão digital na Kobo Store.
Compre a versão digital na Google Play.

Ou peça na sua livraria ou comic shop favorita.

0 comentários: